domingo, 21 de fevereiro de 2016

Minha teoria explica o porquê do ensino médio público ser tão desmotivador

ensino médio público desmotivacional



Oi gente!

Então. Eu tenho uma teoria. E talvez não seja só eu que tenha pensado nisso. Afinal, estudo no ensino médio público, então acho que meus colegas se questionam e tiveram a mesma conclusão que eu.
Resolvi separar por tópicos.

1 - Não somos bons em tudo.

Desculpe-me sistema educacional. Eu quero seguir na linha das Artes Visuais. Logo, não vejo sentido em me dedicar mais do que a disciplinas do meu interesse, em disciplinas de ciências exatas, que tenho muitas dificuldades. E olha só: Estou por um fio nas exatas, e se eu repetir de ano, o meu sonho de ser artista fica cada vez mais distante.

Temos um problema.

Meus sonhos são interrompidos por disciplinas que tenho dificuldade. EU SOU OBRIGADA A APRENDER COISAS QUE NÃO ENTRAM NO MEU CÉREBRO PARA FINALMENTE FAZER O QUE EU GOSTO.

"Mas Gabi, tem que ter uma base das exatas, é importante" - isso nos leva para o segundo tópico


ensino médio público desmotivacional

2 - Ter a base das coisas é importante, mas não precisamos depender disso pelo futuro das nossas vidas

Temos dançarinos impedidos de dançar, porque zeraram uma prova de geografia. Temos matemáticos chorosos porque não lidam muito bem com redação. Ou como eu, artistas que não sabem o que fazer porque estão se enforcando em química.

Sistema Público Educacional Brasileiro, vamos conversar um cadinho. Que tal parar com essa ideia de que aluno brasileiro da rede pública sabe tudo, QUANDO NÃO SABE?

3- Não acredite nisso: "o ENEM serve para entrar na rede federal de ensino superior, que é o melhor do país, uma oportunidade para todos os brasileiros cursarem as melhores faculdades"

QUERIDO, se a Educação Pública Brasileira realmente desse certo, acho que ninguém precisaria pagar cursinho pra fazer ENEM. Não encontro a coerência onde o Exame Nacional de Ensino Médio aprova a galera que tem condições de estudar na rede privada, e reprova os integrantes do ensino público, sendo que o ENEM foi criado justamente pelo governo. Acho que seria muito mais coerente, um exame criado pelo governo, se encaixar perfeitamente com o que é dado na escola pública.

4 - Nosso futuro dá uma pausa de vez em quando: Greves.

Professores e funcionários em greve. E quem paga a conta depois? Os alunos. Tendo que estudar até no sábado. Um sistema que não valoriza quem ensina os futuros inventores do país, é realmente uma falácia requerer conhecimentos estupefatos por parte dos alunos da rede pública.
ensino médio público desmotivacional

5 - (Quem estuda em turno matutino) Existem alunos que acordam 4h da manhã pra estudar numa escola distante da sua cidade.

Pra começar, aulas que começam às 7 da manhã é um crime contra a saúde. Sempre, SEMPRE, as aulas mais improdutivas são as primeiras. Pior é quando justamente a disciplina que você tem dificuldade fica nos primeiros horários. Será mesmo, que temos que nos expor a essas condições para sermos alunos produtivos, alunos dedicados, alunos esforçados?

6 - (último tópico) E se depois do ensino médio não soubermos o que fazer, vamos ser apedrejados.

Eu tô aqui em pânico. Troquei de opção de faculdade umas inúmeras vezes, e sempre que digo "AGORA SIM", tenho medo de trocar de opção e não restar mais tempo, e eu morrer de fome, ou acabar vendendo pulseirinha na praia (que dá certo se você for hippie). 


Eu só queria dizer, Sistema Educacional Público, que tu tá de parabéns, pense! (talking in sarcasm language/falando numa língua sarcástica)



Comenta aí, mais um tópico que você acha que faltou na lista.
Beijos e até o próximo post! 






FOLLOW ME: INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK




6 comentários:

  1. Oi Gabi!

    Primeiro de tudo, sinta-se abraçada. *insira aqui um abraço*

    Sei como você se sente. Estudei TOOOODO o fundamental e médio em escola pública e sei que não é brincadeira. Meus pais tiveram que fazer das tripas coração pra pagar cursinho e tudo mais.
    Graças ao bom Deus, eu consegui entrar numa universidade pública, no curso que eu queria. E eu faço licenciatura, então esse seu desabafo meio que... senti que me diz respeito, sabe?
    Então, eu sei que é o ó ter que enfiar exatas na cabeça quando a gente é de humanas (tamo junto). Mas acontece que 1) você pode precisar desses conhecimentos, um dia. O mundo dá voltas. 2) Hoje em dia, na área de ensino, se fala bastante de multidisciplinaridade. Ou seja, é preciso de conhecimentos de várias áreas para um só objetivo ou profissão. 3) O Brasil responde à UNESCO e precisa seguir suas diretrizes ( tem mais aqui, ó http://unesdoc.unesco.org/images/0019/001922/192271POR.pdf).

    Quanto à sua dificuldade em aprender matérias que você não curte, fica meu recadinho de professora (falou A Velha): faz de conta de você gosta. Isso mesmo. Se engana. É tipo que nem quando a gente sorri sem vontade, e no final acaba sorrindo de verdade. Meu pai que me deu esse conselho, há uns sete, oito anos, quando eu ainda fazia cursinho. E FUNCIONOU! :)

    No fim das contas, eu seeeei que é chato e super apoio seu desabafo. Tem mesmo que acontecer uma reforma na nossa educação, mas tá OSSO!

    Se quiser conversar a respeito, chama no Face que a gente chora junto. Espero ter ajudado.

    Um beijo! (UFA, cabou)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos chorar juntas, mana! Tá difícil rolar uma enganação por aqui, porque querendo ou não, tenho que passar de ano. Eu acho válido aprender várias coisas, porém, entretanto, fica punk depender de algumas dessas coisas.

      VAMOS NOS ABRAÇAR AQUI, E TAMO JUNTO, POVO DE HUMANAS <3

      Excluir
  2. Gabriele, parabéns pelo seu texto! Concordo com vc em tudo! Sobre o segundo tópico, acho que o que falta mesmo e uma aprendizagem significativa. Sabe aqueles conhecimentos de matemática ou de química (por exemplo) que vc tem dificuldade em aprender??? Então... como podemos usá-los no dia a dia, em nossa vida prática??? Pois é, não nos ensinam para que servem e aí fica uma chatice - estudar por estudar!! E o professor também não sabe essa resposta, também teve o mesmo tipo de ensino! Uma bola de neve!!Boa sorte pra vc - o futuro da educação, o futuro do Brasil está nas mãos de jovens como vc!! bjinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuuuuito obrigada pelo seu comentário! E é isso mesmo o que acontece, uma bola de neve sem fim!

      Volte aqui sempre e vamos nos abraçar <3

      Excluir
  3. Gabi indígena! O ensino público é uma bosta e (até qur invistam nela) sempre será.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gemerson KKKKKKKKKKKKK Ainda tenho a esperança que invistam nela!

      Excluir

Comente aqui! - Spams são excluídos pela Gabi!

Curta no facebook

Siga o blog por e-mail!